terça-feira, 9 de novembro de 2010

Complicada









Sou de natureza complexa
Refém das minhas próprias defesas muitas vezes
É difícil eu sei
Sou difícil, complicada, Inspirada
Faço com tanta facilidade o fácil ficar difícil
O simples se torna complicado

Pq sou assim?
Pq sinto tanta vontade de Chorar?
De sair desse meu sistema?
De por alguns momentos me libertar das minhas regras
Da minhas metas

Ao passo que não consigo me ver existir sem assim ser
Eu amo e tenho medo de amar
No amor esta implícito o Sofrer, o Crer, o Suportar
Mas o sofrimento
Este aciona em mim vários medos

Pq tenho tanto medo de errar?
De sofrer?
Pq tenho sempre que Acertar?
Se quase nunca acerto pelo medo de errar?

Acabo não me permitindo ser
Viver
Sonhar, Amar... Tudo Fica preso
Dentro de um quarto cheio de medos

O medo de errar me paralisa
Não erro porque não me arrisco
Se não me arrisco, não vivo!

Pq eu quero tanto chorar?

E pq tenho de Organizar o que esta solto?
Pq tenho de me sentir no controle sempre?
Sempre a frente dos meus sentimentos, tento por meus Pensamentos
Os entorpeço com uma dose generosa de Razões e racionalizações

Eu quero mesmo agradar meu Criador?
Ou elevo meu padrão moral e de exigências dia a dia
Por medo de deixá-lo conduzir minha vida?

Quando sinto que meus objetivos
De não sofrer mais estão ameaçados
Me esquivo... Racionalizo!
Para tentar abafar meus sentimentos
Meus momentos

Tento não sonhar por medo de me decepcionar
Mas onde tanto medo vai me levar?

Afasto pessoas com a mesma facilidade que tenho de fazê-las se aproximar
Nada faço e assim elas aparecem em minha vida
Nada faço e assim como chegaram elas vão embora...

Tenho medo de ficar só
De ficar acompanhada com a pessoa errada
De errar!
Devo ter medo até mesmo de acertar...

Quantos medos ainda vivem em mim?

Existe aquele cujo contraste é oposto a mim...
Isso me seduz com a mesma velocidade que me atormenta
Me inspira com a mesma velocidade que me assusta

Alguém assim poderia completar as lacunas da minha subjetividade?
Sem atropelar meu funcionamento?
Preciso de um alguém paciente, bondoso, generoso
Alguém que acompanhe meus passos lentos nessa direção
Alguém que espere meu tempo
Meu momento

Que não desista de mim
Mas me ame com o mesmo amor
Ao descobrir que sou assim
Simples
Mas complicada

"Eu acho que quero apenas ser amada"

Aceita como sou
Desejada e respeitada

O preço?
A angustia das minhas incertezas breves
Dos meus dilemas
A dedicação com o qual me dedico
A lealdade e Amor com o qual devoto comprometimento eterno

Mas meu preço por ser como sou
E não saber ser diferente disso
Ao menos não ainda
É continuar minha coleção de medos
Congelarem minha vida...

Mas porque tenho no fundo uma sensação
De que existe um alguém que me espera como eu o espero
Que me compreenderá
Sem que eu precise me esforçar tanto para expressar-me!
Alguém que me ajude a descomplicar o que complico
Sem fazer com que eu desfaça minha natureza complicada
Que me ame mesmo assim

Que decodifique meu sorriso
Meu olhar
Que sinta minha sensibilidade
A doçura dos doces que guardei

Que desfrute da brisa ao meu lado
Das estrelas, do por do sol, da natureza
De toda criação maravilhosa do criador

Alguém inspirado
Que ame intensa e verdadeiramente
Que me ensine amar todos os dias o criador dos céus e terra
E que me ajude a ficar mais perto dEle

Que minha influencia seja generosa
E esta o faça bem todos os dias de sua vida

Sabe...?
....Ainda sinto vontade de Chorar...
O porque eu não sei...