quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Minha Pequena


Minha querida não se deixe congelar
Só passa frio quem se esconde do sol
Porque o sol nasce para todos
Estou com seu agasalho e a lareira acesa
Mas você deve dar o primeiro passo

Não tema, Não deixe o medo te congelar
Não paralise por um desafio
Ah, os seus desafios!
Sabe o quanto são peculiares, indissociáveis de você?
Talvez sejam pequenos para um Grande
E Grande para você
Minha Pequena

Venha, Levante-se,
Já é hora de espanar o pó de suas sandálias
Já é tempo de equilibrar-se em pé
Estou aqui, bem a sua frente
Um passo de cada vez,
Um após o outro... Vem devagarzinho!

Meu bebê, estou no ninho, olhando por você...
Não se preocupe, não tema a Perda
Não tema Ganhar
Ganhar ou Perder fazem parte de você
Sinta com todo valor que merece uma perda
Elas existem para serem superadas
Não se Preocupe, estou com você

Ganhe minha querida, Vença!
Vencer é parte tua, é você
Não corra, não tema...
Apenas se aceite
Equilibre-se em suas vitórias
Sinta a vitória, reconheça-a em você
Elas existem para Acariciar,
Acalentar, Ensinar...
Não deixe de aprender com as vitórias
Porque mais importante que aprender com as perdas
É aprender no Vencer

Indubitavelmente estarei com você
Quando temer olhe em meus olhos
Agarre-se em minhas mãos
Sempre estiveram estendidas em sua direção

Use sua Sensibilidade, sua Fé
Para perceber que quando não encontrar
Minhas pegadas na areia
É porque já não estou mais caminhando ao seu lado
Estarei carregando você
Estará em meus braços
Sempre que ferida não poder caminhar
Eu cuidarei de você

Olhe para trás e veja...
Reconhece?
Sempre estive com você

No seu desespero te pus em abrigo seguro
Sou seu refugio
Até mesmo minha vida entreguei
Dei a você a oportunidade
De sempre viver
De ser Feliz
De não Sofrer

De comigo para sempre, sempre e sempre Viver
Estou com você