sábado, 29 de dezembro de 2012

Os mesmos sonhos


 
 
             Às vezes eu sonho com vc. Com minhas pequenas regando um jardim, sorrindo pra mim. Com todos aqueles bichinhos correndo, quietinhos, soninhos . Dormindo acordada escuto sua serenata bem cedinho, feliz. Ouço chuva, chuviscando, eu sinto me molhando. Com o sol me secando e o céu azulzinho brilhando, com suas nuvens brancas fofinhas sombreando. refrescando ! A brisa suave perpassando, leve. Fresquinha, me abraçando. E todo o verdinho da grama geladinha, com suas arvores frondosas, fartas, frutíferas, vigorosas. Com seus passarinhos em melodias melosas de favor, cantando pra nós amor, amor. O balancinho de madeira que me embala, no balanço, tão alto, descontraído, com fino sonido daquele ocorrido... Resolvido. Vc me fez olhar ao me abraçar, minhas flores a brotar, delicadas, a exalar. Trazendo lembranças... Da saudade a chorar, que por amor a esperar, me faz ansiar. Dos meus sonhos, só mais um estou a guardar. Um maior, superior as minhas expectativas. Vem do céu. Meu presente, favorito, predileto, meu querido meu amigo, meu melhor amor, meu Senhor. 

Só mais um pouquinho.
Meu amor.