quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Papel da Mulher

A mulher é o tesouro do Marido
               
               Fiquei refletindo sobre os relacionamentos conjugais, e com auxílio divino creio ter visualizado um prisma importantíssimo nesse tipo de relacionamento.
            A mulher deve ganhar o coração do marido não com palavras, não com a língua, com discursos eloqüentes, ou constante argumentações. Vejo mulheres (a maioria delas) cultivando o hábito de lutarem constantemente com seus maridos. Afim de mudá-los com sua capacidade argumentativa. Mas o que possibilita a mudança não está no muito falar e no quanto reclama ao seu companheiro de vida. E sim em seu comportamento. É manter-se piedosa, com espírito manso e submisso. Dessa forma a mulher concede acesso a intervenção de Deus a sua causa. Pois essa conduta remete obediência e amor, remete um coração subjugado a vontade do Santo Espírito. E nisso não há justiça própria. Diferente de quando tenta reverter os defeitos de caráter do cônjuge oprimindo-o em constantes lamúrias e reclamações, essa atitude amaldiçoa a identidade de seu esposo, e impede a ação Divina de tratar sua causa, pois o terrível ímpeto de lutar com a boca, faz com q a "justiça" seja feita por suas próprias mãos. 
         Deus apenas pede para que você saia do meio do caminho, sim essa atitude costumeira de reclamações sem fim, o impede de agir no coração de seu marido. Pare de insistir em lutar sozinha. Essa batalha não se vence com argumentação-lamuriosa, mas com insistente busca em subjugar seu ímpeto a autoridade Divina.
            Existe muita sabedoria no silêncio. Refrear a própria língua a fim de cê benção exige domínio de si própria. Mas vale a pena, pois Aquele que tudo pode, poderá em fim cuidar de sua casa, operar o concerto no coração daquele q foi chamado para ser seu líder e santo sacerdote. E dessa forma vc usufruirá da única forma de ser feliz em seu lar. E a verdadeira beleza revelar-se-á nas suas vestes de bondade, sabedoria e submissão.                     
               Busque com todas as suas forças um espírito equilibrado, seja piedosa e acaricie a sabedoria para refrear-se do muito falar.
              Honre teu marido, respeite-o. Procure homenagea-lo tanto quanto puder. Isso é uma necessidade vital que precisa ser suprido por vc.
"Dessa forma tu clamarás a mim, e Eu serei sua ajuda no tempo de angústia diz o Senhor."