quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Fale menos.

Fiquei refletindo sobre os relacionamentos conjugais, e com auxílio divino creio ter visualizado um prisma importantíssimo nesse tipo de relacionamento.

 A mulher deve ganhar o coração do marido não com palavras, com discursos eloqüentes, ou constantes argumentações. Vejo mulheres (a maioria delas) cultivando o hábito de lutarem insistentemente com seus maridos, afim de mudá-los com sua capacidade argumentativa. Mas o que possibilita a mudança não está no muito falar e no quanto reclama ao seu companheiro de vida, mas sim em seu comportamento. É manter-se piedosa, com espírito manso e submisso. Dessa forma a mulher concede acesso a intervenção de Deus a sua causa. Pois dessa conduta fluira a obediência e o amor, se revelará então um coração subjugado a vontade do Santo Espírito. Nisso não há justiça própria, e o orgulho é desfeito.

Não tente reverter  os defeitos de caráter do cônjuge oprimindo-o em constantes lamúrias e reclamações, essa atitude amaldiçoa a identidade de seu esposo, e impede a ação Divina de tratar sua causa, pois o terrível ímpeto de lutar com a boca, faz com q a "justiça" seja feita por suas próprias mãos, anulando com isso a ação efetiva que vem do Alto.

Deus espera apenas que você saia do meio do caminho, sim essa costumeira atitude de reclamações sem fim, o impede de agir. Por tanto coloque-se disponível para que o Autor da vida resolva isso através de você. Pare de insistir em lutar sozinha. Essa batalha não se vence com argumentação-lamuriosa, mas com insistente busca em subjugar seu ímpeto a autoridade Divina.

Existe muita sabedoria no silêncio. Refrear a própria língua a fim de cê benção exige domínio próprio, das palavras e afeiçoes não verbais re-centidas de amargura. É respirar e sorrir, ao invés do transbordar-se em descontentamento rixoso. Lembrem-se do quanto vale a pena, pois Aquele que tudo pode, poderá em fim cuidar de sua casa, operar o concerto no coração daquele que foi chamado para ser seu líder e santo sacerdote. Para que dessa forma vc usufrua da felicidade autentica no lar.

A verdadeira beleza revelar-se-á nas suas vestes de bondade, sabedoria e submissão. Busque com todas as suas forças um espírito equilibrado, seja piedosa e acaricie a sabedoria para refrear-se do muito falar.

Honre teu marido, respeite-o. Procure homenagea-lo tanto quanto puder. Isso é uma necessidade vital que precisa ser suprida. Suprida por voce.

"Dessa forma tu clamarás a mim, e Eu serei sua ajuda no tempo de angústia diz o Senhor."

[...] claro, o raciocínio continua. Mas sem mais delongas por hj.

Boa noite.
Oremos por nossas amigas esposas. Pelos amigos casados. E que todos possam receber as bênçãos que lhes são devidamente reservadas em generosidade por Deus.