quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Pertencer

Quero um par de braços que me recolha no fim do dia. Quero um sorriso especial, que só eu saiba o significado. Quero brilho nos olhos. Quero apelidos fofos e exclusivos. Quero alguém pra sorrir a vida, pra andar de mãos dadas - braços dados. Quero alguém pra ser meu cheirinho, pra dar colinho e prazeirosamente discorrer por horas os fios dos cabelos. Alguém pra alternar o cafuné. Alguém pra prestigiar minhas peripécias na cozinha e deliciar-se de boas comidas. Alguém pra experimentar aventuras e desbravar o mundo. Explorar as ilhas paradisíacas, e o horizonte infinito. 
Alguém pra trabalhar lado a lado, dia a dia. Pra partilhar segredos e desejos puros. Para dar a chave de minhas recamaras mais profundas e conceder livre acesso às minhas vulnerabilidades e medos. Alguém que saiba explorar o melhor de mim e curtir momentos quaisqueres. Que seja divertido e animado quando minha pilha estiver no fim. Alguém sincero que não me poupe da verdade. Mas seja amável ao fazê-lo. Que não concorde com tudo passivamente, mas seja maduro suficiente pra me ensinar novas coisas. Alguém que discorde carinhosamente sempre que necessário discordar. Que expresse suas ideias e opiniões sobre a vida. 

Quero companhia, quero colo. Quero ter em definitivo um amor amigo pra viver os dias, pra discorrer a vida. E partilhar os sonhos.

domingo, 14 de dezembro de 2014

sábado, 13 de dezembro de 2014

Papai

Sempre fui desde pequenininha a menininha do papai. Aquela q cresceu servindo a sobremesa na boca enquanto assistíamos Tv. Era tão apegada que acabei "herdando" além da genética um quê de similaridades mto peculiares. Tanto em virtudes quanto em defeitos. Me vi por vezes um tantinho parecida com aquele q foi meu herói na infância e hj é meu conselheiro-pai-amigo. É o meu consultor de negócios, meu conselheiro das dúvidas ápices da vida, e meu braço forte sempre que estou em apuros. Ele me acolhe quando preciso de ouvidos pra desabafar, e me enche de muita filosofia e parábolas. Ele já foi comparado com uma panela de pressão sob alta tensão, e hj é paciente, tranquilo e harmônico. Ele é um gênio! Excelente matemático, administrador, gestor, engenheiro e mestre em química, física e assuntos diversos da vida. É criativo pra driblar problemas, e é muito sistemático. Não tenho todo seu brilhantismo intelectual, mas tenho um coração fiel, dedicado e cheio de amor por influência dele. E eu só queria que ele soubesse q o amo muito.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Você é rápida para se condenar, é brutal e por vezes cruel consigo mesma. Exigente e profunda. Quando o coração se dói de remorso por algo que considera errado ou inapropriado se recolhe em melancolia, se lança avidamente em um abismo de lamuria e dor. Pois bem, menina pare já com isso. Não sabe que o lamento é coirmão da injuria? Não enalteça sobre si suas falhas. Pare de reclamar e alimentar pensamentos pessimistas. Suas reclamações são a veneração que detesta em si mesma, e isso só será introjetado dolorosamente dentro de um cerne condoído. Tenha dó, respire. Não viva mais de sobrevida. Aprenda a viver e ser feliz. Exalte suas virtudes. Acaricie sua dignidade, as qualidade de caráter que possui são dom divino. Contemple o que é belo. Contemple a sabedoria e ela te exaltará. Dirija-se ao mundo das ideias. Pense!Eleve teus sonhos e os desejos mais sinceros Aquele que pode realiza-los. Ele cumprira em ti os propósitos pelo qual a criara. Ao ajoelhar-se aos pés do Teu Deus, lembra-te de ser grata. Tens tanto e não vê? Existe muito ainda a viver. Ele reservou finos tesouros, lhe dará em hora. Ele nunca se atrasa. Cumprirá tudo e a fará novamente sorrir.

Enxugue as lágrimas e cê Feliz


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Imersa


"Por vezes absorta em um submundo imerso de amor. Me vejo  livre, leve, criativa e dona de um espaço surreal. Todavia,  não consigo respirar"

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Primazia

Quero a primazia dos doces gestos de afeição. Do sorriso terno, do olhar sincero. Do toque puro e delicado que acariciam o coração. O abraço apertado e o suspiro acolhedor. O perfume agradável. As palavras carinhosas de amor. O calor do colo acalentador. As batidas suaves no violão compostas por melodias melosas de amor. Quero suas letras. Te quero livre. Feliz e todo pra mim. 


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Modéstia



O vestuário cristão é claramente orientado nas Escrituras pelo princípio da modéstia e da beleza interior que implicam bom gosto com decoro. O cristão deve se vestir com modéstia, decência, bom-senso, evitando a sensualidade provocativa tão comum da moda, e sem ostentação de “ouro, pérolas ou pedras preciosas, ou vestuário dispendioso” (1Tm 2:9). Esse princípio deve aplicar-se não apenas a roupas, mas a todas as questões que envolvem a aparência pessoal e seus enfeites. Tudo deve evidenciar a riqueza do “homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus” (1Pe 3:4). “O caráter de uma pessoa é julgado pelo aspecto de seu vestuário. Um gosto apurado, um espírito cultivado, revelar-se-ão na escolha de ornamentos simples e apropriados.

Melhore o silêncio sendo feliz
Pense antes de agir e fale apenas se puder melhorar o silêncio. Sintetize suas ideias e acabe com o diálogo fútil, concentre-se apenas nas prioridades. aprenda a colocar um ponto final em conversas inúteis. Seja um facilitador, no mundo já temos bastante complicações. Soluções complexas não indicam sabedoria, simplicidade sim.

Contemplemos o Amor

O Amor é piedoso


"Se pelo contemplar somos transformados" que contemplemos e nos inspiremos nas mãos piedosas, no olhar amoroso, no sorriso terno e no coração generoso de pessoas bondosas que passaram por essa terra e deixaram seus legados de justiça e compaixão. Sou profundamente tocada ao ver os reflexos do eterno manifestos nas obras de piedade de alguns filhos que souberam viver o melhor e da melhor maneira. Fico emocionada por tais exemplos, e o que antes já me tocava profundamente pelas meditações dos escritos sagrados de Cristo, fica ainda mais comovente com a generosidade estampada na face desses pequeninos filhos, que puderam amar tão grandemente, assim como Seu Mestre o fez. Não sou católica, mas reconheço nela cristianismo. Verdadeira fé, entrega e devoção à causa.