quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Pertencer

Quero um par de braços que me recolha no fim do dia. Quero um sorriso especial, que só eu saiba o significado. Quero brilho nos olhos. Quero apelidos fofos e exclusivos. Quero alguém pra sorrir a vida, pra andar de mãos dadas - braços dados. Quero alguém pra ser meu cheirinho, pra dar colinho e prazeirosamente discorrer por horas os fios dos cabelos. Alguém pra alternar o cafuné. Alguém pra prestigiar minhas peripécias na cozinha e deliciar-se de boas comidas. Alguém pra experimentar aventuras e desbravar o mundo. Explorar as ilhas paradisíacas, e o horizonte infinito. 
Alguém pra trabalhar lado a lado, dia a dia. Pra partilhar segredos e desejos puros. Para dar a chave de minhas recamaras mais profundas e conceder livre acesso às minhas vulnerabilidades e medos. Alguém que saiba explorar o melhor de mim e curtir momentos quaisqueres. Que seja divertido e animado quando minha pilha estiver no fim. Alguém sincero que não me poupe da verdade. Mas seja amável ao fazê-lo. Que não concorde com tudo passivamente, mas seja maduro suficiente pra me ensinar novas coisas. Alguém que discorde carinhosamente sempre que necessário discordar. Que expresse suas ideias e opiniões sobre a vida. 

Quero companhia, quero colo. Quero ter em definitivo um amor amigo pra viver os dias, pra discorrer a vida. E partilhar os sonhos.