domingo, 9 de janeiro de 2011

Férias


Férias atípicas com muitas surpresas boas e bons momentos.


Dos dilemas complicados que só eu sei trazer a tona, me vejo hoje um pouco menos complicada -  livre, em paz, serena!

Acordei feliz, em outra cidade num outro estado, com novos ares e horizonte novo.

Abri a janela do 5° andar e senti a brisa e o calor do sol preencher de luz todo o quarto, amanheci na companhia agradável do meu Criador, numa companhia Que fez cantarolar o coração com melodias silenciosas de acalanto alegre - feliz. 

Um amanhecer de reflexões agradáveis sobre esse (tão) enternecedor momento. Envolta de presentes em forma de gente, de afeto, carinho, cuidado, e proteção segura. 

Com o coração cheio de gratidão, abastecido Dessa Presença magnânima - Divina.
Faz-me provar dessa presença, e me alegrar nEssa companhia.


Estar numa cidade que não é a minha sem sentir Sombras de desamparo, culpa ou remorso por deixar o ninho, têm-me  feito enorme bem.
Descobri que mesmo não estando sob o olhar tutelar, braços e pernas, dos meus Anjos carnais chamado: pais, eu posso ficar bem, tanto quanto protegida, Amada - segurança.


...(tão) Terrivelmente Feliz.